Postado em: 07/10/2016 07:38:14

Post by: Jeferson Luiz

Brasil goleia a Bolívia e Neymar supera Zico

O próximo jogo da seleção será na terça-feira (dia 11) às 21h30, em Mérida, contra a Venezuela.

O Brasil venceu por 5 a 0 a Bolívia, ontem quinta-feira (dia 6) à noite, em Natal-RN, pela 9ª rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. Com o resultado, o time do técnico Tite chegou à segunda colocação, com 18 pontos, atrás do Uruguai, que tem 19. Na América do Sul, as Eliminatórias têm 10 participantes e são quatro vagas diretas para a Copa. O quinto colocado precisa disputar um playoff contra o campeão da Oceania. O sexto colocado hoje é o Paraguai, com 12 pontos.

O próximo jogo da seleção será na terça-feira (dia 11) às 21h30, em Mérida, contra a Venezuela.

Esse foi o terceiro jogo de Tite na seleção. Nas partidas anteriores, venceu o Equador e a Colômbia.

Neymar marcou um contra a Bolívia e chegou a 49 gols pela seleção. Ele disputou 73 jogos pela equipe. É o 4º maior artilheiro da história do Brasil, atrás de Pelé (77 gols em 92 jogos), Ronaldo (62 em 99) e Romário (55 em 70). Já superou Zico, que somou 48 gols em 71 jogos.

Gabriel Jesus soma agora três gols em três jogos pela seleção. Os outros gols sobre a Bolívia foram de Filipe Luís (2 gols em 27 jogos), Philippe Coutinho (5 gols em 20 jogos) e Roberto Firmino (5 gols em 12 jogos).

Tite manteve o esquema tático 4-1-4-1 para a partida com a Bolívia. E usou o mesmo estilo de partidas anteriores, com pressão alta na saída de bola do adversário. Com a bola, o time atacava em bloco, avançando todas as linhas e usando com frequência os dois laterais.

A escalação tinha três jogadores formados nas categorias de base do futebol de Curitiba: o meia Giuliano (Paraná Clube), o volante Fernandinho (Atlético-PR) e o zagueiro Miranda (Coritiba).

A Bolívia, penúltima colocada das Eliminatórias e 75ª no ranking da Fifa, só tinha entre os 11 titulares dois jogadores atuando fora do país: os atacantes Marcelo Moreno (Changchun, da China) e Duk (New York Cosmos, dos EUA).

O time boliviano não conseguiu impor dificuldades ao Brasil, que fez 4 a 0 no primeiro tempo. Aos 10 minutos, Neymar roubou a bola no meio de campo, avançou, tabelou com Gabriel Jesus e chutou para o gol vazio.

Aos 25, uma grande jogada de Giuliano terminou com gol de Coutinho. Aos 38, Neymar deu passe perfeito para Filipe Luís chutar no cantinho e fazer 3 a 0. Aos 43, Neymar fez outra jogada e colocou Gabriel Jesus na cara do gol: 4 a 0.

No segundo tempo, o Brasil reduziu o ritmo. Só foi marcar o quinto gol aos 30, em cobrança de escanteio de Coutinho e cabeceio de Roberto Firmino.

BRASIL 5 x 0 BOLÍVIA
Brasil: Alisson; Dani Alves, Marquinhos, Miranda e Filipe Luís; Fernandinho, Renato Augusto, Giuliano (Lucas Lima), Coutinho e Neymar (Willian); Gabriel Jesus (Roberto Firmino). Técnico: Tite
Bolívia: Lampe; Rodriguez, Raldes, Zenteno e Bejarano; Meleán, Azogue, Arce (Ramallo), Campos (Vaca) e Duk; Marcelo Moreno. Técnico: Guillermo Hoyos
Gols: Neymar (10-1º), Philippe Coutinho (25-1º), Filipe Luis (38-1º), Gabriel Jesus (43-1º), Roberto Firmino (30-2º)
Cartões amarelos: Neymar (Bra). Meleán e Azogue (Bol)
Árbitro: Wilson Lamoroux (COL)
Local: Arena das Dunas, em Natal (RN)

Fonte: Bem Paraná

TÓPICOS: Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.