Postado em: 18/10/2017 08:07:47

Post by: Jeferson Luiz

Saúde reforça necessidade de vacinação contra HPV e sarampo

A vacina está disponível em mais de 2 mil unidades de saúde de todo o Estado.

As secretarias de saúde do Estado e de Curitiba reforçam a necessidade de vacinação do HPV e do sarampo. Em matérias publicadas ontem em suas agências de notícias, apontam as vacinas estão disponíveis gratuitamente nas redes estadual e municipal.

No Outubro Rosa, o Governo do Estado reforça a importância da vacina contra o HPV na prevenção do câncer do colo do útero. A vacina está disponível em mais de 2 mil unidades de saúde de todo o Estado para meninas de 9 a 14 anos, 11 meses e 29 dias e para meninos de 11 a 14 anos, 11 meses e 29 dias.

“A adesão a campanha de vacinação contra o HPV continua baixa. A população ainda não compreendeu a importância dessa vacina, que vai proteger nossos jovens contra vários tipos de cânceres no futuro, principalmente o câncer de colo do útero, que matou 713 mulheres no Paraná apenas em 2016”, enfatiza o chefe do Centro estadual de Epidemiologia, João Luís Crivellaro.

No caso do sarampo, a Secretaria Municipal da Saúde alerta as pessoas que têm planos de viajar para o exterior que estejam com a vacina de sarampo em dia, por causa da ocorrência de surtos da doença fora do Brasil.

A preocupação é com a contaminação trazida de fora. Na Europa, foram 14.591 casos de sarampo entre janeiro de 2016 e julho de 2017. Mais da metade 64% (9.386 casos) foram notificados este ano, grande parte registrados na Itália (3.660), Romênia (1.844) e Ucrânia (943). De julho a setembro, a Venezuela registrou 84 casos suspeitos.

As vacinas são oferecidas gratuitamente nas 110 unidades de saúde da Prefeitura em Curitiba.

Fonte: Bem Paraná

TÓPICOS: Paraná