Postado em: 02/10/2017 08:45:47

Post by: Jeferson Luiz

Tempestade deixa rastro de destruição e pelo menos cinco feridos no Paraná

Em Pato Branco, pelo menos cinco pessoas ficaram feridas com a queda da tenda de um circo, mas nenhuma corre risco de morte.

A frente fria que passou pelo Paraná no domingo (1) e segunda (2) deixou um rastro de destruição em várias cidades do Paraná.  causou estragos em diferentes cidades do Paraná. A Região Sudoeste foi uma das mais afetadas pelos temporais com ventos de até 108 km/h.

Em Pato Branco, pelo menos cinco pessoas ficaram feridas com a queda da tenda de um circo, mas nenhuma corre risco de morte. Nas BR-158, placas de sinalização ficaram destruídas com a força dos ventos.

Em Curitiba, que registrou ventos entre 50 a 55 km/hora e 38 mmm de chuva acumuladas nas últimas 24 horas, medidos na Estação Pluviométrica do Umbará, houve até agora apenas um ponto de alagamento e a queda de uma árvore na Rua Getúlio Vargas, próximo ao número 2278, segundo a Defesa Civil do município. O trânsito ficou totalmente fechado, no cruzamento da Rua Ulisses Vieira com a Guaianazes, porque galhos de árvores estão caídos na pista. 

Sem energia

Com a tempestade,  a Copel registrou mais de 100 mil desligamentos de energia elétrica no Estado até a noite de domingo (1). Às 7h30 desta segunda (1), 35 mil unidades consumidoras ainda estavam sem luz.

 

Ventos

Segundo o Instituto Tecnológico Simepar, as rajadas de ventos variaram entra 60 km/h e 70 km/h no Sudoeste. O recorde foi na noite deste domingo (1) em Planalto, com ventos de 108 km/h.  Na região Norte, o Simepar identificou ventos acima dos 75 km/h em Cambará. Na Grande Curitiba,  a velocidade dos ventos alcançou 58 km/h na Lapa.

 

Destelhamentos

Informações da Defesa Civil na manhã desta segunda-feira (2) revelam que 80 casas em Pato Branco foram destelhadas, e m Coronel Vivida, outras 10. Um boletim com os estragos em todo o Estado deve ser divulgado até o final da manhã desta segunda (2). 

Fonte: Bem Paraná

TÓPICOS: Paraná