Postado em: 14/02/2017 08:08:16

Post by: Jeferson Luiz

Entidade de delegados pede a Temer substituição do diretor-geral da PF

O grupo de trabalho da Lava Jato na PF do Paraná também negou que esteja havendo interferência na condução da operação.

A Associação Nacional dos Delegados da Polícia Federal entregou ontem segunda-feira (13) ao presidente Michel Temer um pedido de substituição do atual diretor-geral da PF, Leandro Daiello.

A entidade alega que a atual direção não vem atendendo às necessidades do orgão, o que estaria causando o enfraquecimento da instituição.

Ainda segundo a associação, Daiello não promove o apoio devido àqueles que se dedicam às grandes operações. E que delegados que coordenavam operações especiais foram deslocados para outras áreas.

A associação também encaminhou uma lista com três sugestões de nomes para substituir Leandro Daiello. A decisão de encaminhar o pedido foi tomada em assembleia por 292 dos 2,3 mil associados.

Desde o início da Lava Jato, quatro delegados deixaram a operação. O último deles foi o delegado Marcio Anselmo, na semana passada.

Em carta à direção, Anselmo pediu para se desligar do grupo alegando "esgotamento físico e mental" causados por três anos atuando na operação.

Marcio Anselmo classificou como infundada qualquer manifestação no sentido de interferências na operação. E destacou que sempre atuou, nos casos que presidiu, com absoluta independência.

O grupo de trabalho da Lava Jato na PF do Paraná também negou que esteja havendo interferência na condução da operação. E afirmou que os trabalhos têm recebido todo o apoio necessário.

Leandro Daiello está na direção da Polícia Federal desde 2011 e, portanto, acompanha a Lava Jato desde o início. Ele não quis se manifestar.

 

Íntegra da carta

 

Leia abaixo a íntegra da carta que representantes da Associação Nacional dos Delegados da Polícia Federal protocolaram nesta segunda-feira no Palácio do Planalto.

Of. nº 037/2017 – ADPF Brasília, 13 de fevereiro de 2017.

A Sua Excelência o Senhor

MICHEL TEMER

D.D Presidente da República Federativa do Brasil

Brasília/DF

Assunto: Solicita mudança no comando da Polícia Federal

Excelentíssimo Senhor Presidente,

Considerando a indicação do Ministro Alexandre de Moraes para ocupar a vaga de Ministro do Supremo Tribunal Federal, bem como a iminente nomeação de um novo Ministro de Estado da Justiça e da Segurança Pública;

Diante da provável e necessária nomeação de um novo Diretor-Geral para a Policia Federal;

Destacando o poder privativo do Presidente da República, de acordo com a lei, de proceder a nomeação do Diretor-Geral da PF;

Levando em conta que a atual Direção da PF está à frente da instituição há mais de seis anos, sem mudanças significativas nos cargos de comando, sem modernização e avanços na gestão;

Considerando a vontade manifesta da ampla maioria dos Delegados de Polícia Federal que, reunidos em assembleia, decidiram apoiar a mudança da Direção Geral e a indicação de um dos representados em Lista Tríplice já votada e aprovada;

Os Delegados de Polícia Federal solicitam, cordialmente, a Vossa Excelência que promova mudanças na Direção-Geral da Polícia Federal e leve em consideração a possibilidade de nomear um dos Delegados indicados pela categoria, para ocupar o cargo de Diretor-Geral.

Quanto ao eventual receio da sociedade que tais mudanças possam comprometer o destino de grandes operações em curso, os Delegados de Polícia Federal asseguram que a mudança no comando da PF é salutar para a instituição e para a continuidade das grandes operações policiais sendo que, uma vez indicado um dos Delegados integrantes da Lista Tríplice, aprovados pela categoria após criteriosa seleção e aprovação de seus nomes em sufrágio que contou com mais de 1.300 Delegados de Polícia Federal, nenhum prejuízo haverá àquelas investigações dada a qualificação técnica e o profissionalismo dos Delegados escolhidos.

Com cordiais cumprimentos, renovo protestos de elevada estima e consideração.

Carlos Eduardo Miguel Sobral

Presidente da ADPF

Fonte: G1

TÓPICOS: Lava Jato